FAMIGLIA LUCCO

Sobre Nós


O segredo da massa fina e crocante que atravessou gerações ainda guarda o sabor especial que, combinado ao molho de tomates, encanta a todos os clientes que já elegeram a Famiglia Lucco a melhor pizzaria do bairro.

 

A ligação Da Famiglia Lucco com as pizzas começou na década de 30, com o bisavô dos proprietários, o Sr. Antonio Napolitano, então pizzaiolo do Bar Caracu na Doze de Outubro. Nesta época, só existiam pizzas de mussarela e alicce, muitas das quais vendidas por imigrantes italianos em latas redondas pelas ruas de São Paulo.

Com o pioneirismo veia a experiência e, em 1982, Fabio Lucco e seu tio Rodolfo Casagrande fundaram a primeira pizzaria do bairro: a Famiglia Lucco na rua Coriolano. Esse pioneirismo foi reconhecido pela Administração Regional e o Museu da Lapa, que homenagearam a família pelos bons serviços prestados à comunidade. Em 1991 foi inaugurada mais uma casa, a da rua Pio XI, que nesse ano completa 21 anos e se localiza numa casa com uma historia curiosa, por abrigar festas na década de 50. Hoje, alguns clientes ainda matam saudades dos velhos tempos lá.

O segredo da massa fina e crocante que atravessou gerações ainda guarda o sabor especial que, combinado ao molho de tomates (preparado com a receita da nona), encanta a todos os clientes que já elegeram  a Famiglia Lucco a melhor pizzaria do bairro. Ao todo, são 46 tipos de pizzas com opções exclusivas e aclamadas por visitantes vindo até de outras cidades – em busca “daquela famosa pizza de alicce”.

No cardápio, existem algumas opções diferentes e muito procuradas, como a Julia Jim (mussarela, fatias de salame com molho de strogonoff) e a famosa rúcula com mussarela de búfala, tomates secos e até uma pizza de strogonoff, toda a equipe de garçons trabalha  na casa há anos e por isso os clientes assíduos são chamados pelo nome. Os fregueses mais antigos lembram com saudades do corinthiano “Seu Angelo”, um simpático espanhol querido por todos, palmeirenses, são paulinos ou flamenguistas, que trabalhou na casa desde sua inauguração. Neste ambiente familiar, não poderia faltar atenção especial às crianças, que sentem-se livres e ganham massinhas de pizza para brincar.

Um publico variadíssimo frequenta a casa, de executivos com suas famílias e casais de namorados, além de artistas e personalidades como o apresentador Carlos Massa (Ratinho), Antônio Erminio de Moraes, o cantor Leonardo, Milene Domingues, a lapeana Adriane Galisteu, o já falecido humorista José de Vasconcelos (também antigo morador do bairro), o ator Marcelo Mansfield, Emerson Fittipaldi, Ana Moser, Angela Dipp , Arnaldo Antunes , Cris Flores, isso só para citar alguns nomes. A casa também é ponto de encontro dos lapeanos e de associações do bairro, como o Rotary Clube Lapa, Maçonaria, Associação dos Advogados da Lapa, Associação Comercial, Evangélicos e alunos do colégio Campos Salles.

A fim de modernizar as instalações e proporcionar mais conforto aos frequentadores, a Famiglia Lucco da rua Pio XI passou por uma reforma que aumentou o número de mesas com decoração inspirada nos anos 60. Com isso, melhora a capacidade do serviço de almoço, um buffet por quilo com um cardápio variadíssimo, onde destacam-se as diversas massas de fabricação própria, além de carnes, aves, peixes e um strogonoff muito disputado às sextas-feiras.